x
Este site utiliza cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Saiba mais
Cultivando a perfeição Desde 1926

As quintas

  • A Quinta do Cachão tem as suas encostas adjacentes ao rio Douro, na sub-região do Cima Corgo, uma das mais inóspitas zonas da Denominação de Origem. A vinha foi plantada pela primeira vez em 1845 pelo Barão do Seixo sendomais tarde adquirida pela família Afonso Cabral, que por sua vez a vendeu à família Messias no ano de 1956.
    No intuito de aumentar a sua produção, a Messias adquiriu em 1958, uma outra propriedade contígua, a Quinta do Rei, então pertença de Gonzales Byass.
     

    O Terroir

    Estendendo-se pelas encostas, por vezes bastante acentuadas de um monte encimado por uma pequena capela, ocupa hoje uma área de 200 hectares, dos quais um pouco menos de metade ocupados com vinha.Classificada com a letra A, a mais elevada categoria na escala do originalmente desenvolvida pelo Engº Moreira da Fonseca. As castas plantadas são as tradicionais da região, aptas a produzir quer o Vinho do Porto, quer o vinho com Denominação de Origem Douro.
    A Touriga Franca e a Tinta-Roriz, constituem as castas dominantes, seguidas pela Touriga-Nacional, Tinta-Barroca e Tinto-Cão.

    Localização - Ferradosa - S. J. Pesqueira
    D.O.C. - Douro
    Área -  200 hectares
    Solo -  Xistoso

    Viticultura em patamares com 1 e 2 bardos e vinha ao alto
    Variedades Tintas – Touriga-Nacional, Touriga-Franca,
    Tinto-Cão, Tinto-Roriz, Tinto-Barroca
    Variedades Brancas - Malvazia Fina, Rabigato

     

/Imgs/articles/article_74/Untitled_f84_2_f84.jpg /Imgs/articles/article_74/_ALC6932_f86.jpg /Imgs/articles/article_74/_ALC6144_f87.jpg /Imgs/articles/article_74/Untitled5_f88.jpg
  • A Quinta do Valdoeiro é uma das mais belas e bem estruturadas propriedades agrícolas da região vitivinícola da Bairrada.
    Com 130 hectares, 70 dos quais plantados com vinha  em solos calcários de baixa fertilidade, constituídos por uma primeira camada franco-arenosa e uma outra mais profunda, de consistência argilosa e compacta.
    A ligeira ondulação do relevo, as encostas voltadas a sul e a nascente e a implantação das castas separadas por talhões, de acordo com as necessidades particulares de cada trinómio solo vs casta vs porta-enxerto, são também fatores que contribuem para a qualidade das uvas aí produzidas.

    O Terroir

    A partir de 1985, a Messias, tendo como estratégia o controlo da matéria prima para produção de vinhos de grande qualidade, levou a cabo a reconversão dos vinhedos da Quinta do Valdoeiro, selecionando as castas mais adequadas aos objetivos estratégicos da empresa, apostada em competir de forma eficaz nos mercados nacional/internacional. Para tal, a par das variedades tradicionais e que contribuem para a enorme personalidade dos vinhos produzidos nesta D.O. atlântica, procedeu-se à diversificação da oferta com castas provenientes de outras paragens no sentido de aumentar o cosmopolitismo destes néctares.  


    Localização - Vacariça - Mealhada
    D.O.C. - Bairrada
    Área -  130 hectares de floresta e vinha

    Viticultura VSP – vertical shot positioning
    Solo -  Argilo-calcário
    Variedades Tintas – Touriga-Nacional, Baga, Castelão, Syrah, Cabernet-Sauvignon
    Variedades Brancas - Arinto, Bical, Chardonnay, Cerceal

/Imgs/articles/article_75/Untitled6_f84_2_f84.jpg /Imgs/articles/article_75/_ALC4756_f85.jpg /Imgs/articles/article_75/_ALC4941_f86.jpg /Imgs/articles/article_75/_ALC4951_f87.jpg
  • A Quinta do Penedo é constituída por uma área de 20 hectares e situa-se no coração da
    Região Demarcada do Dão mais precisamente no interior do triângulo clássico de vértice Viseu-Nelas-Mangualde. A sua origem como vinha, remonta ao ano de 1930, pela mão do Sr. General Lobo da Costa, tendo permanecido na família até 1998, ano em que foi adquirida pela família Messias.
     

    O Terroir

    Com o intuito de modernizar a Vinha a Messias reestruturou parte da Quinta em 2000. A Touriga Nacional e o Alfrocheiro nos tintos e o Encruzado nos brancos, são as castas das novas plantações, estando actualmente a atingir a plena produção, em termos qualitativos.
    A restante área é constituída por uma diversidade de castas como, a Tinta Roriz, Jaen, Tinto Cão, Baga, com idade compreendida entre os 30 e os 40 anos.
    As castas plantadas são naturalmente as da região, estando por isso aptas a produzir vinhos com Denominação de Origem (DOC).Para além dos vinhedos, a Quinta possui ainda Pinhal e Cerejeiras, em plena produção.

    Localização - Aldeia de Carvalho - Mangualde
    D.O.C. - Dão
    Área -  20 hectares
    Solo -  Franco Arenoso com afloramentos graníticos

    Viticultura VSP – vertical shot positioning
    Variedades Tintas - Touriga Nacional, Alfrocheiro
    Tinta Roriz Jaen, Tinto Cão, Baga
    Variedades Brancas – Encruzado

     

/Imgs/articles/article_76/f84_2_f84_rx2_f84.jpg /Imgs/articles/article_76/_ALC0320_f86.jpg /Imgs/articles/article_76/_ALC9954_f87.jpg /Imgs/articles/article_76/_ALC9958_f88.jpg